ESTÁ AQUI: INÍCIO | Destaques
| MAPA DO SITE | EMAIL | PROCURAR
SECRETÁRIO DE ESTADO DA CULTURA
Voltar à pagina de entrada!

Villa Romana de S. Cucufate

Castelo de Evoramonte

Castelo de Santiago do Cacém

Évoramonte

Centro Interpretativo do Castro da Cola (Ourique)

cavalo pintado

 

Grupo Cubenses Amigos do Cante

Castelo da Amieira do Tejo

Castelo e Igreja Matriz de Viana do Alentejo

Bonecos de São Bento do Cortiço

Sé de Évora

Viola Campaniça

Abóbada da Basílica Real de Castro Verde

Brincas de Évora

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Villa Romana de S. Cucufate

Gruta do escoural

Templo romano de Évora

Castelo de Viana do Alentejo

Miróbriga

Castro da Cola (Ourique)

Castelo de Arraiolos

Jangada de São Torpes

Castelo e Igreja do Salvador (Arraiolos)

Castelo de Viana do Alentejo

Castelo de Belver

Sé de Évora

Castelo da Amieira do Tejo

Sé de Évora

Miróbriga

Villa Romana de Torre de Palma

Villa Romana de Torre de Palma

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Destaques
Imprimir documento


Colóquio "Sines, o Porto e o Mar. História e Património" - Inscrições abertas
16-02-2017
Colóquio "Sines, o Porto e o Mar. História e Património" - Inscrições abertas

Encontram-se já abertas, até 31 de agosto, as inscrições para o colóquio "Sines, o Porto e o Mar. História e Património", que decorrerá entre os dias 7 e 9 de setembro de 2017, no Auditório da Administração do Porto de Sines.

Apresentação

Na sequência de escavações arqueológicas de emergência realizadas em 2013, no cemitério de Largo Poeta Bocage, em Sines, vários vestígios arqueológicos vieram colocar em causa o conhecimento acerca da relevância de Sines na Época Moderna. Identificaram-se nomeadamente enterramentos relacionados com a escravatura, dando vida a uma outra pista para o circuito mundial das rotas de escravos.

 
Neste âmbito a Câmara Municipal de Sines iniciou um projeto de investigação, coordenado pelo Arquivo Municipal, acerca do passado atlântico de Sines nas suas várias vertentes económica, social, cultural e das mentalidades ao longo da história.


Uma das vertentes do projeto Sines no Atlântico é o estudo da presença africana em Sines desde a Época Moderna, através dos afluxos de escravos, até ao presente, com a fixação de uma importante comunidade cabo-verdiana na cidade, já no contexto do Complexo Industrial.

O colóquio "Sines, o Porto e o Mar. História e Património", decorrerá entre os dias 7 e 9 de setembro, contando com o apoio da Administração do Porto de Sines e da Direção Regional de Cultura do Alentejo, de entre um conjunto de outras entidades.

Neste colóquio, que contará com a presença de diversos investigadores nacionais e internacionais, irá debater-se não só o papel do porto de Sines na história, mas também, de um ponto de vista nacional, os temas das rotas marítimas e comércio intercontinental, o património portuário português ou a problemática da escravatura.

Os principais temas a explorar são os seguintes:

  • Porto de Sines na história
  • Navios e rotas marítimas
  • Estrutura e património portuário em Portugal
  • Pesca e comércio. Escravatura e corso
  • Vasco da Gama


     ESTÃO ABERTAS AS INSCRIÇÕES
    em:  http://sines.pt/pages/1094

[ voltar ]

 

 

ADECORRER

João Cutileiro - A PEDRA NÃO ESPERA - Maquetas e escultura para o espaço urbano



EMAGENDA

<julho de 2018>
domsegterquaquisexsáb
24
25
26
27
28
29
30
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
1
2
3
4
 


SUBSCREVANEWSLETTER

Quer receber as nossas notícias?
Registe-se