ESTÁ AQUI: INÍCIO | Destaques
| MAPA DO SITE | EMAIL | PROCURAR
SECRETÁRIO DE ESTADO DA CULTURA
Voltar à pagina de entrada!

Évoramonte

Villa Romana de Torre de Palma

Miróbriga

Jangada de São Torpes

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Sé de Évora

Castelo e Igreja Matriz de Viana do Alentejo

Gruta do escoural

Brincas de Évora

cavalo pintado

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Villa Romana de Torre de Palma

Castelo de Viana do Alentejo

Castelo de Santiago do Cacém

Templo romano de Évora

Castelo e Igreja do Salvador (Arraiolos)

Castelo da Amieira do Tejo

Centro Interpretativo do Castro da Cola (Ourique)

Grupo Cubenses Amigos do Cante

Sé de Évora

Miróbriga

Castelo da Amieira do Tejo

Abóbada da Basílica Real de Castro Verde

Bonecos de São Bento do Cortiço

Sé de Évora

Castelo de Viana do Alentejo

Villa Romana de S. Cucufate

Villa Romana de S. Cucufate

Castelo de Belver

 

Viola Campaniça

Castelo de Evoramonte

Castro da Cola (Ourique)

Castelo de Arraiolos

Destaques
Imprimir documento


SOFIA AREAL: Um Gabinete Anti-dor, de Jorge Silva Melo
SOFIA AREAL: Um Gabinete Anti-dor, de Jorge Silva Melo

 

Pelo quinto ano consecutivo, a Direção Regional de Cultura do Alentejo promove em colaboração com a SOIR - Joaquim António d'Aguiar e o Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo a iniciativa "Quintas de Cinema no Museu", que decorrerá nos dias 7, 14 e 21 de setembro, sempre à quinta-feira, às 21h30, no claustro do referido Museu.

Em cada ano é estabelecido um programa dedicado a um tema específico, definido pelos organizadores associados, preferencialmente sobre arte e artistas, documentários e cinema em português. A sugestão de este ano volta a incidir no filme de arte, com destaque para novas cinematografias e filmes em colaboração com os Artista Unidos, que se associam à nossa proposta de programação.

Dia 14 de Setembro - Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo
SOFIA AREAL: Um Gabinete Anti-dor, de Jorge Silva Melo

Sofia Areal, pintora, é um caso singularíssimo nas artes portuguesas. A sua pintura é expansiva, aberta, solar, vital, afirmativa (chamou mesmo ?Sim!? à sua primeira antológica), ela não recua perante noções como ?o belo? ou ?a alegria?. ?É uma promessa de felicidade??, perguntei-lhe num dia de filmagens. ?Ou é mesmo a felicidade.?, respondeu.

Imagem José Luís Carvalhosa
Assistente de Imagem Paulo Menezes
Som Armanda Carvalho
Montagem Vítor Alves e Miguel Aguiar
Realização Jorge Silva Melo
Uma Produção Artistas Unidos/RTP (2016)

https://youtu.be/76Fan1M8_NY

[ voltar ]

 

 

ADECORRER

João Cutileiro - A PEDRA NÃO ESPERA - Maquetas e escultura para o espaço urbano



EMAGENDA

<julho de 2018>
domsegterquaquisexsáb
24
25
26
27
28
29
30
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
1
2
3
4
 


SUBSCREVANEWSLETTER

Quer receber as nossas notícias?
Registe-se