ESTÁ AQUI: INÍCIO | Destaques
| MAPA DO SITE | EMAIL | PROCURAR
SECRETÁRIO DE ESTADO DA CULTURA
Voltar à pagina de entrada!

Castelo da Amieira do Tejo

Villa Romana de S. Cucufate

Grupo Cubenses Amigos do Cante

Abóbada da Basílica Real de Castro Verde

Villa Romana de Torre de Palma

Sé de Évora

Castelo e Igreja do Salvador (Arraiolos)

Jangada de São Torpes

Miróbriga

Castelo de Santiago do Cacém

Castelo da Amieira do Tejo

Castelo de Belver

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Castelo de Arraiolos

 

Sé de Évora

Templo romano de Évora

Castro da Cola (Ourique)

Castelo de Evoramonte

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Villa Romana de Torre de Palma

Centro Interpretativo do Castro da Cola (Ourique)

Viola Campaniça

Villa Romana de S. Cucufate

Sé de Évora

Brincas de Évora

Gruta do escoural

Castelo e Igreja Matriz de Viana do Alentejo

Évoramonte

Castelo de Viana do Alentejo

Miróbriga

Bonecos de São Bento do Cortiço

cavalo pintado

Castelo de Viana do Alentejo

Destaques
Imprimir documento


Luz: Campo de Flores - Exposição de Alexandra Dias
25-09-2018
Luz: Campo de Flores - Exposição de Alexandra Dias

Luz: Campo de Flores é o nome da exposição de artes plásticas (técnicas mistas), da autoria de Alexandra Dias, que inaugura em Évora, no próximo dia 29 de setembro, pelas 16 horas, na Sede do Grupo Pró-Évora, localizada na Rua do Salvador n.º1.

A exposição, organizada pelo Grupo Pró - Évora, com o apoio da Direção Regional de Cultura do Alentejo, Câmara Municipal de Évora e Fundação Eugénio de Almeida, ficará patente até 21 de outubro e poderá ser visitada de terça-feira a domingo, entre as 15 e as 19 horas, encerrando à segunda-feira.

Esta exposição revela trabalhos de técnica mista sobre materiais pouco comuns como suportes, por estranhos que pareçam, ganham aqui um sentido próprio numa utilização temática original. A luz sempre foi uma motivação e objeto de investigação da pintura e dos pintores.
É essa luz que se adivinha e se capta na composição e na escolha cromática. A procura da subtileza nos sinais, sombras e cores veladas caracteriza esta obra multifacetada, onde se expressam a gravura, colagem e pintura.
Alexandra Dias propõe uma aproximação com a poesia, cabe-nos situá-la na nossa experiência e memória.


Celestino Froes David


Alexandra Dias
Expõe, desde 2004, trabalhos que vão da gravura à fotomontagem, desenho, pintura e técnicas mistas. Está a trabalhar o tema da LUZ explorando as potencialidades dos véus de noiva.

[ voltar ]

 

 

ADECORRER

João Cutileiro - A PEDRA NÃO ESPERA - Maquetas e escultura para o espaço urbano



EMAGENDA

<outubro de 2018>
domsegterquaquisexsáb
30
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
 


SUBSCREVANEWSLETTER

Quer receber as nossas notícias?
Registe-se