ESTÁ AQUI: INÍCIO | Destaques
| MAPA DO SITE | EMAIL | PROCURAR
SECRETÁRIO DE ESTADO DA CULTURA
Voltar à pagina de entrada!

Villa Romana de Torre de Palma

Castelo da Amieira do Tejo

Sé de Évora

Castelo de Belver

Castelo e Igreja do Salvador (Arraiolos)

Jangada de São Torpes

Brincas de Évora

Villa Romana de S. Cucufate

Gruta do escoural

Grupo Cubenses Amigos do Cante

Abóbada da Basílica Real de Castro Verde

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Templo romano de Évora

Centro Interpretativo do Castro da Cola (Ourique)

Castelo de Arraiolos

Villa Romana de S. Cucufate

Évoramonte

 

Castelo de Viana do Alentejo

Castelo e Igreja Matriz de Viana do Alentejo

Viola Campaniça

Miróbriga

Castelo de Viana do Alentejo

Sé de Évora

Sé de Évora

cavalo pintado

Castelo de Santiago do Cacém

Castro da Cola (Ourique)

Castelo da Amieira do Tejo

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Miróbriga

Castelo de Evoramonte

Bonecos de São Bento do Cortiço

Villa Romana de Torre de Palma

Destaques
Imprimir documento


Mesas do Castelinho:30 anos de intervençao arqueológica e retrospetiva histórica
08-10-2018
Mesas do Castelinho:30 anos de intervençao arqueológica e retrospetiva histórica

30 anos de Mesas do Castelinho

Sábado, 13 de outubro, em Santa-Clara-a-Nova (Almodôvar)

No âmbito dos 30 anos de intervenção arqueológica no povoado das Mesas do Castelinho (Almodôvar), no próximo sábado, dia 13 de outubro, terá lugar um almoço convívio em Santa Clara - a - Nova, pretendendo celebrar, de forma descontraída, juntando a população, os participantes, amigos e envolvidos no projeto.

As escavações arqueológicas em Mesas do Castelinho tiveram início pelo antigo IPPC, hoje DRCAlentejo, para intervir num sítio que sofrera uma extensa destruição.
Hoje somam-se três décadas de trabalhos levados a cabo pela equipe da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (Carlos Fabião; Amilcar Guerra e Susana Estrela, Catarina Alves entre outros) em estreita articulação com a DRCAlentejo a Câmara Municipal de Almodôvar e União de Freguesias de Santa Clara-a-Nova e Gomes Aires.

Mais do que uma escavação arqueológica celebra-se um projeto de interação e prestação de serviço à comunidade, na qual as componentes de valorização e divulgação estiveram sempre presentes.

Será efetuada uma retrospetiva histórica sobre o sítio arqueológico através da realização de caminhada, visitas guiadas e do almoço convívio.

A atividade é reservada à população residente na União de Freguesias de Santa Clara-a-Nova e Gomes Aires, participantes e amigos das Mesas do Castelinho.

As inscrições são gratuitas mas obrigatórias.

A iniciativa é organizada pelo Município de Almodôvar, União de Freguesias de Santa Clara-a-Nova e Gomes Aires, Direção Regional de Cultura do Alentejo e Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Evento no facebook

 

[ voltar ]

 

 

ADECORRER

João Cutileiro - A PEDRA NÃO ESPERA - Maquetas e escultura para o espaço urbano



EMAGENDA

<dezembro de 2018>
domsegterquaquisexsáb
25
26
27
28
29
30
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
1
2
3
4
5
 


SUBSCREVANEWSLETTER

Quer receber as nossas notícias?
Registe-se