ESTÁ AQUI: INÍCIO | Destaques
| MAPA DO SITE | EMAIL | PROCURAR
SECRETÁRIO DE ESTADO DA CULTURA
Voltar à pagina de entrada!

Bonecos de São Bento do Cortiço

Villa Romana de Torre de Palma

Centro Interpretativo do Castro da Cola (Ourique)

Castelo e Igreja do Salvador (Arraiolos)

Villa Romana de S. Cucufate

Castelo de Evoramonte

Castelo e Igreja Matriz de Viana do Alentejo

Jangada de São Torpes

Gruta do escoural

Castelo da Amieira do Tejo

Villa Romana de Torre de Palma

Sé de Évora

Grupo Cubenses Amigos do Cante

Castelo de Santiago do Cacém

Villa Romana de S. Cucufate

Castelo de Viana do Alentejo

Templo romano de Évora

Castelo de Arraiolos

Abóbada da Basílica Real de Castro Verde

Miróbriga

 

Castelo da Amieira do Tejo

Miróbriga

Sé de Évora

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Évoramonte

cavalo pintado

Castelo de Viana do Alentejo

Sé de Évora

Castelo de Belver

Brincas de Évora

Viola Campaniça

Castro da Cola (Ourique)

Destaques
Imprimir documento


Caligrafias: Exposição de fotografias de Santiago Macias inaugura em Évora
15-10-2018
Caligrafias: Exposição de fotografias de Santiago Macias inaugura em Évora

Caligrafias é o título da exposição constituída por 35 fotografias de Santiago Macias, que inaugura dia 25 de outubro, às 18 horas, na Galeria da Casa de Burgos (R. de Burgos, 5), em Évora.

De Mértola a Damasco, de Bissau a Florença, e tendo sempre Moura como ponto central, traça-se um caminho que reflete o percurso pessoal e profissional do autor. A arqueologia islâmica e a História estão em pano de fundo e quase todas as fotografias se ligam de perto a viagens feitas no âmbito de trabalhos de investigação, os quais foram, em diversas ocasiões, pretexto para ir um pouco mais além.
Como refere Santiago Macias "o que começou por ser um registo técnico tornou-se prazer de escrita".

Jorge Calado escreve no final do seu texto no catálogo "são os arabescos e os rabiscos geométricos e animalescos no interior de um arco de Qasr ibn Wardan - um palácio-fortaleza bizantino na Síria - que definem esta exposição. Traços primordiais do Homo sapiens, ontem, hoje e amanhã. Fotografar também é abstrair, isto é, seleccionar um ponto do espaço-tempo, caligraficamento certo".

A exposição, que integra as comemorações do Ano Europeu do Património Cultural - 2018, estará patente até 11 de janeiro de 2019 e é organizada pela Direção Regional de Cultura do Alentejo contando com o patrocínio da Fundação Millennium bcp.

[ voltar ]

 

 

ADECORRER

João Cutileiro - A PEDRA NÃO ESPERA - Maquetas e escultura para o espaço urbano



EMAGENDA

<dezembro de 2018>
domsegterquaquisexsáb
25
26
27
28
29
30
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
1
2
3
4
5
 


SUBSCREVANEWSLETTER

Quer receber as nossas notícias?
Registe-se