ESTÁ AQUI: INÍCIO | Destaques
| MAPA DO SITE | EMAIL | PROCURAR
SECRETÁRIO DE ESTADO DA CULTURA
Voltar à pagina de entrada!

Sé de Évora

Castelo de Santiago do Cacém

Castelo de Arraiolos

Miróbriga

Sé de Évora

Miróbriga

Viola Campaniça

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Castelo e Igreja do Salvador (Arraiolos)

Gruta do escoural

Villa Romana de S. Cucufate

Castelo de Evoramonte

Centro Interpretativo do Castro da Cola (Ourique)

Villa Romana de Torre de Palma

Villa Romana de S. Cucufate

Abóbada da Basílica Real de Castro Verde

Bonecos de São Bento do Cortiço

Grupo Cubenses Amigos do Cante

Castelo da Amieira do Tejo

Villa Romana de Torre de Palma

Castelo da Amieira do Tejo

Castelo de Belver

 

Templo romano de Évora

Castelo de Viana do Alentejo

Castro da Cola (Ourique)

Sé de Évora

cavalo pintado

Brincas de Évora

Castelo de Viana do Alentejo

Jangada de São Torpes

Castelo e Igreja Matriz de Viana do Alentejo

Évoramonte

Destaques
Imprimir documento


Debate Acesso Cultura - "O politicamente correcto", 19 fevereiro
Debate Acesso Cultura - "O politicamente correcto", 19 fevereiro

19 de Fevereiro, Terça, 18h30
O POLITICAMENTE CORRECTO
UMA FORMA DE INCLUIR OU UMA NOVA BARREIRA?
Castelo Branco, Évora, Faro, Funchal, Lisboa, Porto, VN Famalicão


Para algumas pessoas, o politicamente correcto é sinónimo de consciência, sensibilidade, respeito, boa educação. Para outras, é uma espécie de polícia da linguagem que, em vez de promover a inclusão e a tolerância, torna indivíduos tolerantes em suspeitos, cria um espaço fértil para a libertação de ódios e novas barreiras no relacionamento entre pessoas. O politicamente correcto é a favor ou contra a liberdade individual? Ou estaremos a perder o foco?

ÉVORA, Direcção Regional da Cultura do Alentejo (Rua de Burgos)
Convidados: Elsa Sousa, Directora Técnica Associação 29 de Abril; Helena Rocha, Técnica da Direcção Regional da Cultura do Alentejo; Mariana Mata Passos, Programadora Cultural
Moderador: Luís Matias, locutor da Rádio DianaFm

Nos outros locais:
CASTELO BRANCO, Museu Francisco Tavares Proença Júnior

Convidados: Carlos Semedo, Programador; Elsa Ligeiro, Editora Alma Azul; Sérgio Novo, ASTA ? Teatro e Outras Artes
Moderador: Manuel Costa Alves, Meteorologista aposentado
Colaboração: Terceira Pessoa


FARO, Direcção Regional da Cultura do Algarve (Rua Professor António Pinheiro e Rosa nº 1)
Convidados: Elisabete Martins, Actriz da ACTA ? Companhia de Teatro do Algarve; Fábio Simão, XIS, associação LGBTI Algarve; Manuel Célio Conceição, Professor da Universidade do Algarve
Moderadora: Adriana Nogueira ? Directora Regional de Cultura do Algarve

FUNCHAL, Teatro Municipal Baltazar Dias
Convidados: Maurício Pestana Reis, Porta 33; Natércia Xavier, Gestora Cultural; Paulo Spínola, Opus Gay Madeira; Violante Saramago Matos, bióloga.
Moderador: Marta Caires, jornalista

LISBOA, Atelier-Museu Júlio Pomar
Convidados: Américo Peças, Pedagogo e Formador; André e. Teodósio, encenador, membro do Teatro Praga; Lara Seixo Rodrigues, Mistaker Maker | Plataforma de Intervenção Artística; Maria José Vitorino, professora e bibliotecária
Moderadora: Maria Vlachou, Gestão e Comunicação Cultural
Se precisar de intérprete de Língua Gestual Portuguesa, por favor escreva-nos para geral@acessocultura.org

PORTO, Museu e Igreja da Misericórdia do Porto
Convidados: Gonçalo Amorim, actor e encenador; João Arezes, divulgação cultural; José Maia, Espaço MIRA
Moderadora: Patrícia Remelgado, Coordenadora do Pporto.pt
Com tradução em Língua Gestual Portuguesa (uma parceria com a Associação Laredo)

VILA NOVA DE FAMALICÃO, Galeria Municipal Ala da Frente
Convidados: António Gonçalves, artista plástico e curador; Paula Guerra, Departamento de Sociologia da Universidade do Porto; Regina Bezerra, Educadora Social do Departamento de Acção Social do Município de V. N. Famalicão
Moderador: Rosa Moreira, Provedora do Aluno da Universidade Lusíada de Vila Nova de Famalicão.

A Acesso Cultura organiza, em colaboração com várias entidades, uma delas a DRCAlentejo, debates abertos aos profissionais do sector cultural e a todas as pessoas interessadas, para se poder reflectir em conjunto sobre questões ligadas à acessibilidade ? física, social e intelectual ? que têm um impacto no nosso trabalho e na nossa relação com pessoas com variados perfis. Os debates têm início às 18h30 e a entrada é livre (sujeita à lotação das salas).

Os resumos dos debates anteriores encontram-se disponíveis para consulta em https://acessocultura.org/encontros/debates/

[ voltar ]

 

 

ADECORRER

Visitas ao Património - Alentejo - 2019/2020



EMAGENDA

<janeiro de 2020>
domsegterquaquisexsáb
29
30
31
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
1
2
3
4
5
6
7
8
 


SUBSCREVANEWSLETTER

Quer receber as nossas notícias?
Registe-se