ESTÁ AQUI: INÍCIO | Destaques
| MAPA DO SITE | EMAIL | PROCURAR
SECRETÁRIO DE ESTADO DA CULTURA
Voltar à pagina de entrada!

Villa Romana de S. Cucufate

Castelo e Igreja Matriz de Viana do Alentejo

Jangada de São Torpes

 

Castelo da Amieira do Tejo

Miróbriga

Centro Interpretativo do Castro da Cola (Ourique)

Castelo de Santiago do Cacém

Castelo de Evoramonte

Castelo de Viana do Alentejo

Grupo Cubenses Amigos do Cante

Viola Campaniça

Miróbriga

Castelo de Arraiolos

Abóbada da Basílica Real de Castro Verde

Évoramonte

Bonecos de São Bento do Cortiço

Templo romano de Évora

Brincas de Évora

Castelo de Viana do Alentejo

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Villa Romana de Torre de Palma

Villa Romana de Torre de Palma

Castelo e Igreja do Salvador (Arraiolos)

Sé de Évora

cavalo pintado

Sé de Évora

Estamos ON | Site culturacovid19

Gruta do escoural

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Castelo de Belver

Villa Romana de S. Cucufate

Sé de Évora

Castelo da Amieira do Tejo

Castro da Cola (Ourique)

Destaques
Imprimir documento


Vozes de Mestres de regresso ao Alentejo
27/07/2021
Vozes de Mestres de regresso ao Alentejo

O projeto Vozes de Mestres volta este verão com uma programação internacional e itinerante, que percorrerá três municípios alentejanos. Dia 30 de julho terá lugar em Évora, no jardim anexo ao Armazém 8; dia 07 de agosto, em Montemor-o-Novo, nas Oficinas do Convento; e no dia 25 de setembro, em Galveias, na Herdade Monte Torre de Sepúlveda.

O objetivo, como sempre, é receber no palco artistas da cultura popular e músicos contemporâneos, proporcionando um intercâmbio de saberes intergeracionais e a agregação de laços culturais entre Portugal e Brasil. A diferença relativamente às edições anteriores é a realização de oficinas de aprendizagem focadas no cante alentejano, no canto brasileiro, bem como na colheita e pisa da uva.


Continuidade entre passado e presente

Geovana Jardim, idealizadora do Projeto Vozes de Mestres, conta que "ao viajar pelo Alentejo foi comum ouvir relatos de anciãos preocupados com a perda de memórias afetivas coletivas tão essenciais. As consequências deste fenómeno são muitas, mas, principalmente, o desaparecimento de modos de vida, das socializações locais e a sua substituição por um padrão cultural considerado hegemónico e excludente para a população idosa".
Com o desejo de contribuir para a perpetuidade desta memória, Geovana Jardim decidiu trazer o Projeto Vozes de Mestres para Portugal, país onde está a realizar doutoramento em História e Filosofia da Ciência, com especialidade em Museologia, com enfoque na preservação do patrimônio cultural imaterial de países lusófonos.

Sobre o Vozes de Mestres
O Projeto surgiu em 2008 e apoiou a formulação de políticas públicas para as culturas populares, promoveu diálogos entre artistas ajudando a fortalecer e evidenciar a beleza da cultura popular brasileira.
Ao longo destes anos o Vozes de Mestres aconteceu em vários formatos, mas em geral conta com apresentações de grupos tradicionais populares, concertos, debates, oficinas, exposições fotográficas e, este ano, ocupou também o espaço virtual por meio de lives no facebook e instagram.
No Brasil, marcou presença em todas as regiões e também já aconteceu em Espanha, Cabo Verde e Polónia. Em 2019, decorreu a primeira edição do projeto em Portugal, em parceria com o jornalista e criador da webrádio CBF, Carlos Ferreira, e a AMArT - Associação Musical, de Artes e Tradições de Alcáçovas. Nesse sentido, esta edição proporcionou um tipo de reinvenção com o intuito de proporcionar aos participantes uma experiência regada a convivência íntima com a música, poesia e prova de vinhos, tudo no Alentejo central, cenário natural destas tradições.

O Vozes de Mestres Itinerante tem apoio da DGARTES através do Concurso 2020 - Apoio
a Projectos - Programação e Desenvolvimento de Públicos.

Artistas confirmados
Entre os artistas nacionais confirmados destacam-se: Pedro Mestre, padrinho do projeto, quem tem dedicado a sua vida à música alentejana, desenvolvendo diversos projetos enquanto cantor, tocador/construtor de viola Campaniça; Celina da Piedade e Almofariz, Celina é madrinha do projeto que percorre um caminho entre a Tertúlia e uma pulsão mais moderna e universalista, navegando pelos mais diferentes contextos com seu acordeão. Ela convida Almofariz, nome artístico de Ana Santos, violinista e compositora que dedica ao estudo da música árabe e sonoridades de várias latitudes. Juntas embarcam nesta viagem pelo Alentejo, trazendo a paixão de ambas pela música de raíz e pela criatividade a que ela inspira, tanto a nível instrumental como vocal. Também o Grupo De Moda em Moda, de Vila Nova da Baronia, cujo primeiro álbum foi lançado em 2017, tendo sido apresentado na Suíça (Rorschach) junto da Comunidade Portuguesa. Já, em 2018, o grupo pisou 58 palcos, e em 2019,  realizou 50 espetáculos em Portugal.
Transitando de Portugal para o Brasil trazemos o concerto das artistas Susana Travassos e Elodie Bouny. O concerto celebra o encontro de duas mulheres que têm fortes ligações com a América Latina. Susana Travassos, natural de Vila Real de Santo António homenageou no seu primeiro disco de carreira, a cantora brasileira Elis Regina, que se junta à atração internacional Elodie Bouny, violonista clássica, nascida na Venezuela, mas que cresceu na França e estudou em conservatórios da América Latina. Este concerto é a partilha da paixão destas duas mulheres pelas terras do sul global ricas em folclores e culturas, mas também é um resgate às referências e às formações musicais que ficam impressas nos temas autorais.
Ainda entre as atrações internacionais estão confirmados os nomes de: Ivan Vilela, compositor, arranjador e pesquisador brasileiro que combina timbres da viola caipira com os de instrumentos orquestrais, permitindo criar uma forte harmonia e também romper a barreira existente entre a música popular e a música orquestrada; além de Luiz Gabriel, artista nómada e que por isso recolhe e traz na bagagem muitos matizes da música brasileira, como o samba, ijexá, xote e maracatu, ao som da voz e violão.


Também participarão desta edição o Grupo Coral Feminino de Viana do Alentejo, Grupo De Moda em Moda, Grupo Coral Fora d'Oras e Grupo Cantares de Galveias (Galcanta).
Além dos/as poetas populares Bia Baguinho, Telmo Ferreirinho Seco e Edmundo Raposo.


A lista de atividades prevê ainda uma feira artesanal e uma prova de vinhos.


Vozes de Mestres Itinerante Portugal 2021

Datas/Locais:
30 de julho, em Évora -  jardim anexo ao Armazém 8;
07 de agosto, em Montemor-o-Novo - Oficinas do Convento;
25 de setembro, em Galveias - Herdade Monte Torre de Sepúlveda.


Consulte aqui a programação completa

Valor e aquisição de bilhete: 5 euros

Reservas
vozesdemestres2021@gmail.com ou 934 448 525

*Atividade com lotação limitada e em cumprimento com as recomendações da DGS



Mais informações: 934 198 092 (Geovana Jardim) e 913 681 325 (Letícia Campos)

 

 

[ voltar ]

 

 

ADECORRER

Rede de Museus de Évora - Noites de VerãoEstá aberta a 3ª edição do Prémio Literário Joaquim MestreApoio à Atividade Cultural e aos Agentes Culturais do Alentejo 2021Estamos ON | Site culturacovid19



EMAGENDA

<setembro de 2021>
domsegterquaquisexsáb
29
30
31
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
1
2
3
4
5
6
7
8
9
 


SUBSCREVANEWSLETTER

Quer receber as nossas notícias?
Registe-se