ESTÁ AQUI: INÍCIO | Destaques
| MAPA DO SITE | EMAIL | PROCURAR
SECRETÁRIO DE ESTADO DA CULTURA
Voltar à pagina de entrada!

Villa Romana de Torre de Palma

Castelo da Amieira do Tejo

Abóbada da Basílica Real de Castro Verde

Bonecos de São Bento do Cortiço

Grupo Cubenses Amigos do Cante

Centro Interpretativo do Castro da Cola (Ourique)

Castelo de Belver

Villa Romana de S. Cucufate

Templo romano de Évora

Castelo de Santiago do Cacém

Castelo de Arraiolos

Sé de Évora

Castro da Cola (Ourique)

Villa Romana de S. Cucufate

Sé de Évora

Estamos ON | Site culturacovid19

Sé de Évora

Viola Campaniça

 

Castelo de Viana do Alentejo

Évoramonte

Gruta do escoural

Villa Romana de Torre de Palma

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Castelo de Viana do Alentejo

Castelo da Amieira do Tejo

cavalo pintado

Miróbriga

Castelo de Evoramonte

Castelo e Igreja Matriz de Viana do Alentejo

Miróbriga

Jangada de São Torpes

Castelo e Igreja do Salvador (Arraiolos)

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Brincas de Évora

Destaques
Imprimir documento


Está aberto concurso para apoio à Programação da RTCP
11/10/2021
Está aberto concurso para apoio à Programação da RTCP

Os equipamentos culturais credenciados que integram a RTCP já se podem candidatar ao programa de apoio à Programação da Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses, cujo concurso abriu a 8 de outubro.


Este programa abrange ciclos de quatros anos e um investimento de 24 milhões de euros do Ministério da Cultura.
Para concorrer, as 80 entidades credenciadas devem apresentar propostas que promovam uma oferta regular e contínua. A programação deve conter projetos de artes performativas e, complementarmente, de cruzamento disciplinar e de artes visuais. Pode também incluir programas de residências artísticas e ações estratégicas de mediação, proximidade e acessibilidade. No caso dos acolhimentos, os planos devem garantir a apresentação de, pelo menos, 15% de obras que tenham recebido apoio da DGARTES no domínio da criação, e realizar, no mínimo, 10% de coproduções originais.

O financiamento do Estado será atribuído de acordo com diferentes patamares, entre os 50 mil e os 200 mil euros. O montante financeiro a que a entidade se candidata deverá corresponder, no máximo, a metade do orçamento global.

As candidaturas devem ser submetidas até dia 22 de novembro de 2021.

Articulação com outros apoios da DGARTES:
Entidades que tenham o apoio sustentado da DGARTES e que agora sejam gestoras de equipamentos credenciados podem candidatar-se a este concurso. Nestes casos, será estabelecido um teto máximo de financiamento estatal na conjugação dos dois apoios.

Estão previstos  outros instrumentos de apoio aos equipamentos culturais, quer sejam ou não credenciados na rede, que promoverão a valorização e qualificação dos recursos humanos. Além disso, entre 2022 e 2025, o Plano de Recuperação e Resiliência inclui uma linha de investimento a dedicar à transição digital, aplicável aos equipamentos culturais dedicados às artes performativas.

Consulte o aviso de abertura do concurso e mais informação, através da página da DGArtes, em https://www.dgartes.gov.pt/pt/noticia/4666

 

[ voltar ]

 

 

ADECORRER

reCoVered2020 /2.ª ediçãoEstá aberta a 3ª edição do Prémio Literário Joaquim MestreApoio à Atividade Cultural e aos Agentes Culturais do Alentejo 2021Estamos ON | Site culturacovid19



EMAGENDA

<outubro de 2021>
domsegterquaquisexsáb
26
27
28
29
30
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
1
2
3
4
5
6
 


SUBSCREVANEWSLETTER

Quer receber as nossas notícias?
Registe-se