ESTÁ AQUI: INÍCIO | Destaques
| MAPA DO SITE | EMAIL | PROCURAR
SECRETÁRIO DE ESTADO DA CULTURA
Voltar à pagina de entrada!

Sé de Évora

Brincas de Évora

Centro Interpretativo do Castro da Cola (Ourique)

Castelo da Amieira do Tejo

Castelo de Santiago do Cacém

Castelo de Viana do Alentejo

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Castro da Cola (Ourique)

Villa Romana de Torre de Palma

cavalo pintado

Jangada de São Torpes

Templo romano de Évora

Castelo da Amieira do Tejo

Castelo de Belver

Castelo e Igreja do Salvador (Arraiolos)

Castelo de Evoramonte

Évoramonte

Miróbriga

Sé de Évora

Miróbriga

Castelo de Arraiolos

Villa Romana de Torre de Palma

 

Castelo e Igreja Matriz de Viana do Alentejo

Villa Romana de S. Cucufate

Sé de Évora

Bonecos de São Bento do Cortiço

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Estamos ON | Site culturacovid19

Gruta do escoural

Villa Romana de S. Cucufate

Castelo de Viana do Alentejo

Grupo Cubenses Amigos do Cante

Abóbada da Basílica Real de Castro Verde

Viola Campaniça

Destaques
Imprimir documento


São José Devoção e Arte
22/10/2021
São José Devoção e Arte

São José Devoção e Arte é o tema da exposição que vai inaugurar na Igreja do Salvador, em Évora, no próximo dia 11 de novembro, às 17h30.

A exposição insere-se no Ano de São José, 2021, determinado pelo Papa Francisco, quando se assinalam os 150 anos da proclamação do Santo como Padroeiro da Igreja Universal (Papa Pio IX, em 8 de dezembro de 1870).  

A iniciativa pretende dar a conhecer os testemunhos da devoção a São José na Arquidiocese de Évora, através da escultura, da pintura e outras artes ornamentais e contribuir para um melhor conhecimento deste santo tão pouco conhecido, mas tão importante para os cristãos, tendo sido esposo da Virgem Maria, pai legal de Jesus e padroeiro universal da Igreja Católica.

Na Arquidiocese de Évora existem diversos testemunhos da devoção a São José. A paróquia da Lamarosa (Coruche) tem o Santo como seu padroeiro e, na cidade de Évora, encontram-se diversos exemplos: Convento Novo (fins do século XVII), foi-lhe dedicado como acontecia a todos os conventos carmelitas femininos, por vontade expressa de Santa Teresa de Ávila, uma das maiores devotas de São José; duas quintas nos arredores de Évora: São José de Peramanca (séc. XVII) e São José do Cano; Bairro de São José da Ponte.
Existem, ainda, três instituições eclesiásticas de formação religiosa e de assistência, que foram colocadas sob a proteção de São José: Seminário Menor de Vila Viçosa (1935), Oratório Festivo de São José (1926) e Fundação São José Operário (1957).

 

A exposição São José Devoção e Arte, que  ficará patente ao público até 9 de janeiro de 2022, resulta de uma parceria entre a Direção Regional de Cultura do Alentejo e a Arquidiocese de Évora/Departamento Arquidiocesano da Pastoral da Cultura e Bens Culturais.

 

 

[ voltar ]

 

 

ADECORRER

Alentejo, PATRIMÓNIOS - 2.ª ediçãoEstá aberta a 3ª edição do Prémio Literário Joaquim MestreApoio à Atividade Cultural e aos Agentes Culturais do Alentejo 2021Estamos ON | Site culturacovid19



EMAGENDA

<dezembro de 2021>
domsegterquaquisexsáb
28
29
30
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
1
2
3
4
5
6
7
8
 


SUBSCREVANEWSLETTER

Quer receber as nossas notícias?
Registe-se