ESTÁ AQUI: INÍCIO | COVID-19: Apoios e Ações
| MAPA DO SITE | EMAIL | PROCURAR
SECRETÁRIO DE ESTADO DA CULTURA
Voltar à pagina de entrada!

Castelo de Santiago do Cacém

Miróbriga

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Villa Romana de S. Cucufate

 

Bonecos de São Bento do Cortiço

Castelo de Viana do Alentejo

Villa Romana de Torre de Palma

Castelo de Evoramonte

Brincas de Évora

Castelo da Amieira do Tejo

Viola Campaniça

Castelo e Igreja Matriz de Viana do Alentejo

Centro Interpretativo do Castro da Cola (Ourique)

Évoramonte

Castelo e Igreja do Salvador (Arraiolos)

Miróbriga

Jangada de São Torpes

Sé de Évora

Grupo Cubenses Amigos do Cante

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Templo romano de Évora

cavalo pintado

Castelo de Arraiolos

Abóbada da Basílica Real de Castro Verde

Gruta do escoural

Castro da Cola (Ourique)

Estamos ON | Site culturacovid19

Castelo da Amieira do Tejo

Villa Romana de Torre de Palma

Sé de Évora

Villa Romana de S. Cucufate

Sé de Évora

Castelo de Belver

Castelo de Viana do Alentejo

COVID-19: Apoios e Ações
Imprimir documento


  • COVID-19 - Medidas de prevenção e controlo em Locais de Culto e Religiosos

    Consulte Aqui as orientações n.º 29 da DGS

     

  • "A Minha Casa É Uma Pauta" : candidaturas até 15 de junho

    A Lendias d'Encantar - LdE e o Musibéria juntam-se para lançar mais uma iniciativa para atenuar os efeitos da paragem da atividade artística em Portugal, na sequência da COVID - 19, com o apoio da Direção Regional de Cultura do Alentejo. As candidaturas decorrem até ao próximo dia15 de junho.
    Como é sabido, o cancelamento das apresentações de espetáculos foi uma das primeiras medidas do decreto do estado de emergência e muito provavelmente será das últimas atividades económicas a retomar a normalidade, deixando sem rendimentos milhares de portugueses ligados às áreas do espetáculo. Assim, e para minimizar os graves efeitos económicos que toda esta situação impõe aos criadores, a Lendias d'Encantar (Beja), juntamente com o Musibéria (Serpa) lançam a iniciativa "A Minha Casa É Uma Pauta", um projeto de fomento à criação musical, em tempos de isolamento, enquanto permite a realização de alguma receita aos músicos do Alentejo.
    "A Minha Casa É Uma Pauta" desenvolve-se em três fases: na primeira são desafiados autores/músicos a compor uma maquete com uma ou duas músicas originais, inspiradas na actual situação que vivemos e o que ela provocou no interior de cada um de nós.
    Numa segunda fase, as maquetes serão analisadas/ selecionadas pelas duas estruturas impulsionadoras do projeto, que farão a escolha de 10 artistas/músicas para gravação no Estúdio de Som Musibéria e posterior publicação em formato CD.
    Na terceira e última fase do projeto será realizado um concerto com os artistas selecionados, para apresentação pública das músicas escolhidas.
    A organização garante 600 euros por música selecionada, despesas de gravação, edição e publicação das obras bem como o espaço e meios técnicos para o concerto de apresentação.
    Para participar, basta enviar a maquete em formato digital para desconfina@gmail.com , até dia 15 de junho.

  •  

  • STOP COVID: DRCAlentejo criou manual de boas práticas, sinalética e boas práticas para limpeza e desinfeção de espaços de natureza cultural que lhe estão afetos

    No âmbito da 2.ª fase de desconfinamento, iniciada a 18 maio, a Direção Regional de Cultura do Alentejo (DRCAlentejo) estabeleceu um conjunto de normas STOP COVID para a reabertura dos Monumentos, Museu, Sítios Arqueológicos e outros espaços de natureza cultural que lhe estão afetos. Tendo por base as normas sanitárias emanadas superiormente e que devem constar nos planos de contingência de cada entidade, a DRCAlentejo, elaborou um manual de boas práticas, que reúne um conjunto de diretrizes e recomendações divulgadas pelas autoridades sanitárias e instituições de referência no setor da Cultura, criou a linha gráfica de sinalética para visitantes e definiu boas práticas de limpeza e desinfeção. No sentido de colaborar com as entidades responsáveis por diferentes tipos de equipamentos culturais visitáveis, a DRCAlentejo disponibiliza os referidos materiais, na sua página oficial, para que possam eventualmente servir de suporte a orientações próprias de cada entidade, com as adaptações necessárias, adequadas a cada caso.

 

  • "Impactos da COVID-19 no setor cultural português" - Inquérito online

    O Observatório de Políticas de Comunicação e Cultura, CECS-ICS, Universidade do Minho, através do projeto POLObs está a analisar, desde 16 de março, os "Impactos da COVID-19 no setor cultural português". Para avaliar os impactos da COVID-19 no 2º trimestre de 2020, foi criado um inquérito online, para o qual é solicitado o preenchimento e divulgação por organizações e profissionais do setor cultural.

    Já podem ser consultados os dados preliminares de março de 2020 e está a ser preparado o segundo relatório com os dados referentes ao 2º trimestre de 2020.
    Para tal, é solicitado a profissionais e organizações do setor cultural para preencherem um inquérito por questionário destinado a aferir a sua situação atual.
    O preenchimento é muito rápido e a participação reveste-se da maior importância para que se consiga ter um conhecimento rigoroso e independente de alguns dos impactos da COVID-19 no setor cultural português.Este inquérito está disponível AQUI

 

  • Conversas SOS ARTE . PT

    Até ao próximo dia 30 de maio decorre um ciclo de conversas online, dinamizado pela SOS ARTE PT, alusivo às "artes e áreas importantes para a formação, divulgação e sustentabilidade dos artistas". Ao todo são oito conversas que esta plataforma promove ao vivo, no Facebook, tendo por objetivo debater a forma de como se poderá "contribuir para a aceleração da mudança, transformação e recuperação do setor das artes, na sequência da COVID-19".
    O SOS ARTE PT é um "movimento aberto sobre o impacto do Covid-19 na cultura e em particular nas artes".

    Mais informação

  • Webinar "Museus em tempos de pandemia - inovação e perspetivas"
    Atendendo à situação particular que atravessamos, no próximo dia 15 de maio, pelas 15h00 (hora de Portugal), o Ibermuseos irá dinamizar um ciclo de webinars com vista a promover reflexões entre
    profissionais de diferentes áreas com o intuito de refletir sobre a inovação no setor de museus em
    resposta à crise e as perspetivas de futuro.
    O prazo para inscrições decorre até quarta- feira, 13 de maio.

    Mais informação

  • OUTDOOR ARTS TALKS
    A Bússola, com o apoio da GDA, organiza e promove as OUTDOOR ARTS TALKS, que representam momentos de partilha coletiva, com temáticas suportadas no desenvolvimento contínuo da criação artística para o espaço público e dos desafios contemporâneos para o circo, a desenvolver habitualmente em parceria com festivais ou encontros da especialidade.
    Considerando a situação atual,o ponto de encontro será ONLINE. Com temáticas adaptadas ao contexto e foco em perspetivas futuras são propostas três sessões nos meses de maio e junho, apoiando a reflexão em busca da "nova" normalidade.
    As sessões decorrem através do ZOOM e terão duração aproximada de 1h30.
    A participação é gratuita, mediante registo prévio.

    13 maio: Repensar o espaço público - Outdoor Arts Talks online
    16 junho:
    Circulação e cooperação internacional - Outdoor Arts Talks
    30 junho:
    Criação artística em espaço rural - Outdoor Arts Talks online, em parceria com o Teatro da Didascália

    Promotor:
    Bússola
    Apoio: Fundação GDA

    + DETALHES:  https://bit.ly/3d2lXs2
    INSCRIÇÕES: https://bit.ly/2VsmPQM


  • GDA abre concurso de Apoio a Curtas-Metragens - Candidaturas até 15 de maio

    As candidaturas ao concurso de Apoio a Curtas-Metragens da Fundação GDA encontram-se abertas e o prazo para candidaturas decorre até 15 de maio de 2020, no Portal do Artista.

    Este concurso visa apoiar a produção de curtas-metragens portuguesas, tendo em vista promover e profissionalizar o trabalho realizado pelos artistas intérpretes nestas obras, favorecendo a divulgação e desenvolvimento da sua carreira profissional e artística.

    O montante total de apoios a distribuir em 2020, neste concurso, é de €120.000 (cento e vinte mil euros), sendo o valor máximo a atribuir a cada candidatura vencedora de €7.500 (sete mil e quinhentos euros).

    O apoio financeiro é atribuído a título de comparticipação nas despesas ou encargos dos projetos, nomeadamente cachets dos artistas intérpretes ou executantes (atores, bailarinos e músicos que participam no filme), viagens, estadias, alimentação ou transportes.

    As candidaturas apoiadas no âmbito deste concurso terão, obrigatoriamente, que finalizar a curta-metragem no prazo máximo de 18 meses a contar da data de assinatura do contrato.

    As candidaturas a este concurso são feitas exclusivamente online, através do Portal do Artista.
    Para mais informações, consulte o Regulamento Geral e o Regulamento Específico do concurso, AQUI .



  • Plataforma Creatives Unite pretende ajudar profissionais dos setores culturais e criativo

    A Comissão Europeia anunciou o lançamento da nova plataforma Creatives Unite, a qual pretende ajudar os artistas, intérpretes e outros profissionais dos setores cultural e criativo a partilhar, mais facilmente, informações e potenciais medidas durante a atual crise da Covid-19.

    A plataforma oferece um espaço comum que dá acesso à multiplicidade de recursos existentes e a numerosas redes e organizações relevantes. Creatives Unite oferece ainda um espaço com curadoria para cocriar e enviar contributos para encontrar soluções em conjunto.

    Aceda AQUI à plataforma.

 

  • Plano de Emergência da GDA arranca com o APOIO CARTÃO DE COMPRAS

    O conjunto de medidas implementadas pela GDA e que compõem o Plano de Emergência de Apoio a Artistas - AARTE, compreende a criação de um Fundo de Emergência, no montante global de €1.000.000,00 (um milhão de euros), com duas linhas de apoio.

    A primeira, diretamente relacionada com a antecipação de Distribuições, Adiantamentos e Programas da GDA e Fundação GDA, complementa-se com o Apoio Cartão de Compras visando ajudar os cooperadores que se encontram numa situação particularmente fragilizada, decorrente da perda acentuada e/ou ausência de rendimentos.

    Contando com um montante disponível de €500.000,00 (quinhentos mil euros), atribuído com referência aos meses de abril, maio e junho, os artistas da GDA, mais atingidos pela presente crise, poderão solicitar o Cartão de Compras entre 24 de abril e 4 de maio, nos termos do Regulamento do Apoio Cartão de Compras.

    A segunda, contando igualmente com um fundo de €500.000,00 (quinhentos mil euros), a ser reforçado e gerido em conjunto com outras estruturas e entidades do setor, destina-se ao universo mais alargado dos profissionais do espetáculo e do audiovisual.

    Estando a decorrer o processo de conciliação entre as diversas contribuições, as respetivas condições e regulamentos serão divulgadas breve e oportunamente.

    Se pretende esclarecer algumas dúvidas sobre o Plano de Emergência de Apoio aos Artistas (AARTE) e as medidas abrangidas pelo mesmo, consulte AQUI a página de "Perguntas Frequentes".
  • "Artist Run Alliance" (ARA): apresentação de propostas até 30 de abril

    Decorre até 30 de abril de 2020 o período de apresentação de propostas à "Artist Run Alliance" (ARA), plataforma artística internacional.
    Organizada pelo Alfred Institute for Art and Culture "Artist Run Alliance" (ARA) é uma plataforma internacional independente sem fins lucrativos aberta a iniciativas de artistas, associações, espaços artísticos e galerias, criada com o objetivo de facilitar, a nível global, e no atual contexto da pandemia Covid-19, a partilha de contactos e conhecimentos entre artistas e profissionais das artes, tendo igualmente em vista encontrar possíveis modelos e soluções de financiamento.

    São requisitos de apresentação de candidaturas, a enviar via https://www.space52.gr/open-calls/:

    - Imagens das obras de arte, com indicação da respetiva data de execução e descrição das mesmas, realizadas durante o período de quarentena / autoisolamento;

    - Máximo de cinco imagens das obras de arte executadas durante o período de quarentena (2MB por imagem), em formato jpeg, via link vimeo;

    - Inclusão de CV e nota do artista.


    Mais informações:

    info@space52.gr
    https://artistrunalliance.org/faq/
    https://www.facebook.com/artistrunalliance/


  • Concurso internacional de arte "United against Corona - Express through Art"

    Indian Council For Cultural Relations (ICCR) está a organizar o concurso internacional de arte "United against Corona - Express through Art" nas áreas das artes visuais e digitais.
    O presente concurso, cujas candidaturas decorrem até ao dia 1 de maio de 2020, visa permitir a artistas de todo o mundo - profissionais e amadores - que se queiram exprimir através da arte, com as suas interpretações sobre a forma como a "pandemia provocada pelo novo coronavírus SARS-COV-2 tem afetado emocionalmente a humanidade, trazendo à tona tudo aquilo que temos de melhor e de pior, incluindo as mais contraditórias emoções: bondade, solidariedade, coragem, medo, preocupação, raiva".
    Os projetos deverão focar-se nos temas "pandemia", "distanciamento social", "quarentena" e "luta contra o vírus" espelhando emoções, sentimentos, ideias e pensamentos inovadores sobre a COVID-19.
    Mais informação em https://www.iccr.gov.in/

 

  • Projeto RHI Stage

    O Arte Institute e a iniciativa RHI lançaram o projeto RHI Stage que permite o pagamento a artistas de todo o mundo e a disponibilização de espetáculos, na área de mercado da plataforma RHI_Think.
    Serão aceites trabalhos artísticos de qualquer área cultural como música, dança, literatura, teatro, artes plásticas ou outra expressão.
    O Arte Institute, fundado em abril de 2011, é uma organização independente e sem fins lucrativos, com sede em Nova Iorque, que "dinamiza a produção e difusão de artistas e projetos de arte contemporânea portuguesa, através de eventos que produz em todos os continentes".
    Consulte AQUI mais informação.

 

  • GDA cria Gabinete de Orientação e Apoio ao Artista (GOAA)

    A GDA - Gestão dos Direitos dos Artistas criou um Gabinete de Orientação e Apoio ao Artista (GOAA) com o objetivo de assegurar, a todos os artistas, acesso rápido à informação mais relevante sobre as medidas de execução do Estado de Emergência decretado em Portugal, bem como de prestar os esclarecimentos necessários quanto às implicações que essas medidas terão na sua atividade profissional.
    Todos os artistas que viram a sua atividade profissional estagnada devido às medidas de emergência para travar a propagação do COVID-19 têm a possibilidade de esclarecer as suas dúvidas através de um gabinete de apoio criado pela GDA.
    O Gabinete de Orientação e Apoio ao Artista (GOAA) entrou em funcionamento no passado dia 30 de março, e conta com o apoio de juristas e advogados, responsáveis pela preparação da informação jurídica a disponibilizar pelo GOAA, bem como pelo esclarecimento de questões que venham a ser colocadas por todos os interessados.
    Para além da possibilidade do serviço de esclarecimento de questões, o GOAA disponibiliza, ainda, informação atualizada em Perguntas Mais Frequentes, na respetiva página, à qual pode aceder AQUI.
    Esta medida foi tomada em articulação com a AUDIOGEST (entidade de gestão de direitos dos produtores fonográficos), a quem os agentes e empresários do setor musical se deverão dirigir para esclarecimentos e respostas relacionados com esta temática.
    A missão do GOAA é apoiar os artistas portugueses, prestando informação, aconselhamento e apoio técnico, relativamente às medidas aplicáveis já anunciadas pelo Governo ou às que venham a sê-lo.
    Caso não encontrem resposta na área das Perguntas Mais Frequentes, os artistas interessados deverão colocar as suas questões através do endereço goaa@gda.pt.

 

  • RELI - Rede de Livrarias Independentes
    É uma associação livre de apoio mútuo composta por livrarias de todo o território português sem ligação a redes e cadeias dos grandes grupos editoriais e livreiros.  Tem por objetivo conjugar esforços para levar por diante projetos individuais e o grande projeto coletivo que é o de dotar o país de uma rede de livrarias especializadas e de proximidade.
    Nesse sentido reúne esforços para enfrentar a crise no mercado livreiro, que vem comprometendo a existência de pequenas livrarias em todo o país - principalmente agora neste período de pandemia que se atravessa -, intervindo junto da sociedade e dos poderes públicos.
    A lista das livrarias envolvidas neste projeto está em permanente crescimento e procura novos aliados, através do endereço info@reli.pt
    Acreditando que as livrarias têm um papel fundamental na coesão cultural de uma sociedade, e na criação de um pensamento crítico e livre, contribuindo para a educação, a informação e o entretenimento dos cidadãos, o objetivo da RELI é coordenar parte da sua comunicação conjunta e endereçar a atenção para o seu papel, através do site www.reli.pt . Nesta página podem encontrar-se informações sobre cada um dos participantes e respetivos canais de comunicação, bem como aceder às iniciativas de todas as livrarias: campanhas de promoções, feiras do livro, lançamentos, etc.

 

  • Bolsa para Aquisição de Espetáculos e Coproduções do Alentejo

    A Associação Lendiasd'Encantar (LdE), companhia profissional de teatro de Beja, abriu candidaturas para a criação de uma Bolsa para Aquisição de Espetáculos e Coproduções do Alentejo, disponível até 15 de abril de 2020.
    Na sequência do estado  de emergência que o país atravessa, facto que fez cancelar centenas de espetáculos  artísticos por todo  o país, a LdE promove  esta iniciativa com o objetivo  de atenuar os danos  aos artistas nacionais, com principal enfoque  nos  trabalhadores independentes nas áreas do teatro, música e dança.
    Até ao próximo dia 15 de abril, a companhia está a rececionar propostas  de produções  que não deverão estar afetas a estruturas  já financiadas. Será depois  efetuada uma seleção de projetos  a adquirir, sendo  que  a LdE comprará os mesmos durante o mês de abril.
    Os espetáculos  serão depois  apresentados  em local e datas a definir, consoante  a disponibilidade e regresso à normalidade das salas de espetáculos  da região.
    As propostas  deverão ser enviadas para lendiasproducao@gmail.com.
    Mais informações através do número 960159674 e também disponíveis  na página da Lendias d'Encantar, no Facebook.

 

  • Fundação Eugénio de Almeida convida a conhecer e a acompanhar a programação que disponibiliza online 

    No contexto em que vivemos atualmente, a Fundação Eugénio de Almeida (FEA), em Évora, está ativa e ligada a si, a fazer comunidade, uma comunidade forte, unida e solidária, mesmo à distância, cumprindo a sua missão cultural, social e educativa.
    Fique a conhecer e acompanhe a programação online da Fundação Eugénio de Almeida, que contempla visitas guiadas aos espaços patrimoniais da Fundação, peças de artistas presentes nas exposições do Centro de Arte e Cultura e atividades para os mais novos. Fique também a par das notícias sobre projetos de Voluntariado, Empreendedorismo e Inovação Social, através do site da Fundação e das respetivas páginas no Facebook.

 

  • Linhas de apoio à Cultura definidas pelo Governo

    Com vista a esclarecer as linhas de apoio definidas pelo Governo foi criado o email cultura.covid19@mc.gov.pt e preparado o siteculturacovid19.gov.pt onde é atualizada toda a informação de apoio a entidades  de criação artística, artistas e técnicos do setor  e se divulgam os contactos dos  Serviços que garantirão uma resposta a esses pedidos  de informação.

 

  • Portugal #EntraEmCena 

    É o nome do movimento nacional que junta artistas, empresas públicas e privadas, marcas e fundações, em torno da missão de todos entrarem em cena hoje, para garantir que a cultura tem amanhã. O movimento tem a forma de um marketplace digital, onde artistas podem lançar ideias e recolher investimento - imediato e adiantado - para as mesmas, e onde empresas públicas e privadas podem lançar desafios e receber propostas artísticas, escolhendo aquelas nas quais pretendem investir.
    As inscrições encontram-se abertas e podem ser efetuadas através da página portugalentraemcena.pt onde pode ser consultada mais informação sobre a iniciativa.

 

  • #CreativeEuropeAtHome

    A Comissão Europeia lançou nas suas contas de Facebook, Instagram e Twitter a campanha #CreativeEuropeAtHome, com o objetivo de divulgar as atividades, que estão a decorrer online, organizadas pelos beneficiários dos projetos financiados, e abertas ao público em geral (sem constrangimento de geoblock ou outros).
    A Comissão Europeia solicita, assim, aos beneficiários do Europa Criativa Portugal que mostrem os seus trabalhos utilizando o #CreativeEuropeAtHome e o identificador #CreativeEurope, o que irá permitir que os mesmos sejam divulgados pelos meios da Comissão, bem como pelos da "Comunidade Europa Criativa", e ainda nas redes sociais dos Comissários Mariya Gabriel e Thierry Breton. Consulte AQUI mais informação.

 

ADECORRER

Estamos ON | Site culturacovid19



EMAGENDA

<agosto de 2020>
domsegterquaquisexsáb
26
27
28
29
30
31
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
1
2
3
4
5
 


SUBSCREVANEWSLETTER

Quer receber as nossas notícias?
Registe-se