ESTÁ AQUI: INÍCIO | Património Imaterial | Novo Regime Jurídico de Salvaguarda do Património Cultural Imaterial
| MAPA DO SITE | EMAIL | PROCURAR
SECRETÁRIO DE ESTADO DA CULTURA
Voltar à pagina de entrada!

Miróbriga

 

Miróbriga

Templo romano de Évora

Jangada de São Torpes

Castelo de Evoramonte

Castro da Cola (Ourique)

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Sé de Évora

Centro Interpretativo do Castro da Cola (Ourique)

cavalo pintado

Villa Romana de S. Cucufate

Abóbada da Basílica Real de Castro Verde

Gruta do escoural

Castelo da Amieira do Tejo

Sé de Évora

Castelo de Arraiolos

Castelo e Igreja do Salvador (Arraiolos)

Bonecos de São Bento do Cortiço

Castelo de Belver

Villa Romana de Torre de Palma

Castelo de Viana do Alentejo

Castelo e Igreja Matriz de Viana do Alentejo

Castelo da Amieira do Tejo

Villa Romana de Torre de Palma

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Villa Romana de S. Cucufate

Brincas de Évora

Viola Campaniça

Castelo de Viana do Alentejo

Grupo Cubenses Amigos do Cante

Sé de Évora

Évoramonte

Castelo de Santiago do Cacém

Novo Regime Jurídico de Salvaguarda do Património Cultural Imaterial
Imprimir documento


O DECRETO-LEI N.º 149/2015 - DIÁRIO DA REPÚBLICA N.º 150/2015, SÉRIE I DE 2015-08-04 69935162 Procede à primeira alteração ao Decreto-Lei n.º 139/2009, de 15 de junho, que estabelece o regime jurídico de salvaguarda do património cultural imaterial.

O Decreto-Lei n.º 139/2009, de 15 de junho estabelece o regime jurídico de salvaguarda do património cultural imaterial, em desenvolvimento do disposto na Lei n.º 107/2001, de 8 de Setembro, que estabeleceu as bases da política e do regime de protecção e valorização do património cultural, de harmonia com o direito internacional, nomeadamente com a Convenção para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial, adoptada na 32.ª Conferência Geral da UNESCO, em Paris em 17 de Outubro de 2003, aprovada pela Resolução da Assembleia da República n.º 12/2008, de 24 de Janeiro, e ratificada pelo Decreto do Presidente da República n.º 28/2008, de 26 de Março.

ADECORRER

João Cutileiro - A PEDRA NÃO ESPERA - Maquetas e escultura para o espaço urbano



EMAGENDA

<setembro de 2018>
domsegterquaquisexsáb
26
27
28
29
30
31
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
1
2
3
4
5
6
 


SUBSCREVANEWSLETTER

Quer receber as nossas notícias?
Registe-se