ESTÁ AQUI: INÍCIO | Património Imaterial | Registo no Inventário Nacional PCI - CONSULTA PÚBLICA
| MAPA DO SITE | EMAIL | PROCURAR
SECRETÁRIO DE ESTADO DA CULTURA
Voltar à pagina de entrada!

Estamos ON | Site culturacovid19

Jangada de São Torpes

Castelo e Igreja Matriz de Viana do Alentejo

Villa Romana de S. Cucufate

Castelo de Arraiolos

Miróbriga

Viola Campaniça

Castelo de Viana do Alentejo

 

Brincas de Évora

Villa Romana de Torre de Palma

Sé de Évora

Grupo Cubenses Amigos do Cante

Gruta do escoural

Castelo de Belver

Castelo de Viana do Alentejo

Centro Interpretativo do Castro da Cola (Ourique)

Castelo e Igreja do Salvador (Arraiolos)

Castelo da Amieira do Tejo

Évoramonte

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Sé de Évora

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Abóbada da Basílica Real de Castro Verde

Villa Romana de S. Cucufate

Castro da Cola (Ourique)

Miróbriga

Castelo de Evoramonte

Castelo de Santiago do Cacém

Sé de Évora

cavalo pintado

Villa Romana de Torre de Palma

Templo romano de Évora

Castelo da Amieira do Tejo

Bonecos de São Bento do Cortiço

Registo no Inventário Nacional PCI - CONSULTA PÚBLICA
Imprimir documento


FASE DE CONSULTA PÚBLICA

Ano em curso - 2018

Festas do Povo de Campo Maior

No cumprimento do estabelecido no Art.º 14.º do Decreto - Lei nº 139/2009, de 15 de junho, com as alterações introduzidas pelo Decreto - Lei n.º 149/2015, de 4 de agosto, a Direção - Geral do Património Cultural divulga que, no pasado dia 13 de agosto teve início o Processo de Consulta Pública sobre o projeto de decisão de inscrição das "Festas do Povo de Campo Maior" no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial.

Nos termos do n.º 2 do Art.º 14.º do Decreto-Lei n.º 139/2009, de 15 de junho, na redação dada pelo Decreto - Lei n.º 149/2015, de 4 de agosto, a presente consulta pública, com início a 13 de agosto de 2018,  tem a duração de 30 dias.

Durante o período de consulta pública, todos os elementos constantes do processo de inventariação das 'Festas do Povo de Campo Maior' poderão ser consultadas na Divisão do Património Imóvel, Móvel e Imaterial da Direção - Geral do Património Cultural.

A apresentação das respetivas observações em sede da presente cosulta pública devereão ser endereçadas, e correio registado, à Direção - Geral do Património Cultural, para o seguinte enedereço: Palácio Nacional da Ajuda, 1349 - 021 Lisboa.

Nos termos do disposto no nº 1 do Art.º 14.º do Decreto- Lei n.º 139/2009, de 15 de junho, na redação dada pelo Decreto - Lei n.º 149/2015, de 4 de agosto, a Direção - Geral do Património Cultural decide sobre o pedido de inventariação das "Festas do Povo de Campo Maior" no prazo de 120 dias após a conclusão do período da presente consulta pública.

Ligação à página da DGPC

2015

Produção de Figurado em Barro de Estremoz

No cumprimento do estabelecido no n.º 1 do Art.º 14.º do Decreto - Lei nº 139/2009, de 15 de junho, conjugado com o disposto pela al. d) do Art.º 13,º do decreto - Lei nº 115/2012, de 25 de maio, a Direção - Geral do Património Cultural divulga que se vai dar início ao Processo de Consulta Pública sobre o projeto de decisão de inscrição da "Produção de Figurado em Barro de Estremoz" no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial.

Nos termos do n.º 2 do Art.º 14.º do Decreto-Lei n.º 139/2009, de 15 de junho, a presente consulta pública tem a duração de 30 dias, com início a 25 de fevereiro de 2015.

Os elementos constantes do processo de inventariação da "Produção de Figurado em Barro de Estremoz" encontram-se disponiveis para consulta através do MatrizPCI - www.matrizpci.dgpc.pt

 

ADECORRER

Estamos ON | Site culturacovid19



EMAGENDA

<julho de 2020>
domsegterquaquisexsáb
28
29
30
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
1
2
3
4
5
6
7
8
 


SUBSCREVANEWSLETTER

Quer receber as nossas notícias?
Registe-se