ESTÁ AQUI: INÍCIO | Destaques
| MAPA DO SITE | EMAIL | PROCURAR
SECRETÁRIO DE ESTADO DA CULTURA
Voltar à pagina de entrada!

Villa Romana de Torre de Palma

Gruta do escoural

cavalo pintado

Castelo de Evoramonte

Centro Interpretativo do Castro da Cola (Ourique)

Bonecos de São Bento do Cortiço

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Jangada de São Torpes

Villa Romana de S. Cucufate

Villa Romana de S. Cucufate

Castelo da Amieira do Tejo

Castelo e Igreja Matriz de Viana do Alentejo

Castelo de Viana do Alentejo

Templo romano de Évora

 

Castelo de Viana do Alentejo

Brincas de Évora

Castro da Cola (Ourique)

Sé de Évora

Villa Romana de Torre de Palma

Castelo e Igreja do Salvador (Arraiolos)

Castelo de Arraiolos

Estatuto dos Profissionais da Área da Cultura

Grupo Cubenses Amigos do Cante

Sé de Évora

Miróbriga

cultura_estatuto_profissionais22

Castelo de Santiago do Cacém

Abóbada da Basílica Real de Castro Verde

Miróbriga

Castelo de Belver

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Profs_cultura_estatuto1_banner22

Évoramonte

Sé de Évora

Viola Campaniça

Castelo da Amieira do Tejo

Destaques
Imprimir documento


Exposição "Homenagem às pedras tiradas do seu sossego", de Sérgio Carronha
27/04/2022
Exposição "Homenagem às pedras tiradas do seu sossego", de Sérgio Carronha

No próximo sábado, 30 de abril, inaugura às 16h00, no Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo, em Évora, a exposição "Homenagem às pedras tiradas do seu sossego", de Sérgio Carronha. Esta exposição decorre de uma residência artística no Departamento de Escultura em Pedra da Associação Pó de Vir a Ser, em 2021, ano em que se perfizeram 40 anos do Simpósio de Escultura em Pedra.

Sérgio Carronha vive e trabalha em Montemor-o-Novo. Frequentou o curso de Escultura na Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa. A relação com a natureza, com o cuidado e com a alma das matérias-primas, com a identidade e a origem das coisas, com a continuidade e permanência estão presentes nesta exposição em que os desperdícios que a indústria da pedra mármore produz foram recriados.

A exposição inaugura com uma performance intitulada "Sons do Vagar", pela Associação Cultural "Do Imaginário".

A iniciativa conta com o apoio de Direção Regional de Cultura do Alentejo e MC - DGARTES.

[ voltar ]

 

 

ADECORRER

DRCAlentejo assinala centenário do nascimento de Artur Pastor com exposição Estatuto dos Profissionais da Área da CulturaANTROPOCÉNICA - Propostas para apresentação de comunicações"Covid@Alentejo, olhares" - Exposição itinerante



EMAGENDA

<maio de 2022>
domsegterquaquisexsáb
24
25
26
27
28
29
30
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
1
2
3
4
 


SUBSCREVANEWSLETTER

Quer receber as nossas notícias?
Registe-se