ESTÁ AQUI: INÍCIO | Destaques
| MAPA DO SITE | EMAIL | PROCURAR
SECRETÁRIO DE ESTADO DA CULTURA
Voltar à pagina de entrada!

Évoramonte

Castelo de Evoramonte

Templo romano de Évora

Villa Romana de Torre de Palma

Castelo de Viana do Alentejo

Grupo Cubenses Amigos do Cante

 

Villa Romana de S. Cucufate

Castelo de Viana do Alentejo

Miróbriga

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Sé de Évora

Sé de Évora

Brincas de Évora

Castelo de Belver

Gruta do escoural

Villa Romana de S. Cucufate

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Castelo da Amieira do Tejo

Centro Interpretativo do Castro da Cola (Ourique)

Castelo e Igreja Matriz de Viana do Alentejo

Castelo de Santiago do Cacém

Castelo e Igreja do Salvador (Arraiolos)

Castelo da Amieira do Tejo

Viola Campaniça

Jangada de São Torpes

cavalo pintado

Castro da Cola (Ourique)

Estatuto dos Profissionais da Área da Cultura

Sé de Évora

Bonecos de São Bento do Cortiço

Miróbriga

Profs_cultura_estatuto1_banner22

Abóbada da Basílica Real de Castro Verde

cultura_estatuto_profissionais22

Castelo de Arraiolos

Villa Romana de Torre de Palma

Destaques
Imprimir documento


Leitura Escrita Epistolar
19/09/2022
Leitura Escrita Epistolar

A ESCRITA EPISTOLAR, realizada no projeto de religação à natureza PLANTA, da Malvada Associação Artística, envolve a troca de cartas entre artistas, na qual se explora o tempo demorado na espera da resposta e a construção de um texto que parte da partilha de ideias, experiências sensoriais e narrativas trocadas no ato performativo de correspondência por correio. O material textual apresenta-se na Leitura deste acervo no Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo. Esta troca de cartas iniciou-se em abril após uma residência de criação na Antiga Escola Primária dos Canaviais e terminou em agosto de 2022. A ESCRITA EPISTOLAR integra o projeto de cruzamento disciplinar de religação à natureza PLANTA, ao longo do qual também se apresenta a exposição fotográfica ENTRE e o espetáculo de teatro APNEIA, interligados num processo de inteligência distribuída similar ao das plantas. A leitura será interpretada pelos atores do espetáculo que se encontram em residência em Évora.
Criação Ana Luena e José Miguel Soares; Cartas originais de Ana Luena, Filipa Leal, Joana Bértholo, Tiago Alves Costa; Interpretação Helena Baronet, Nuno Nolasco e Rafael Ferreira; Assistência de produção: Beatriz Ourique; Design gráfico Joana Areal; Coprodução Município de Évora; Teatro Municipal de Bragança, Teatro Municipal de Vila Real; Parceiro institucional Direção-Geral do Património Cultural - Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo; Residência de coprodução O Espaço do Tempo;  Mecenato Gama Uno; Cofinanciado por Alentejo 2020, Portugal 2020, Fundo Social Europeu, União Europeia, IEFP, Compete; Produção Malvada Associação Artística
Planta tem o Apoio da República Portuguesa ? Cultura / Direção-Geral das Artes.

[ voltar ]

 

 

ADECORRER

RELATÓRIO "Strengthening cultural heritage resilience for climate change"Serviço "Filmar em Portugal"Estudo "CULTURA NO PÓS ALENTEJO-2020""Covid@Alentejo, olhares" tem plataforma disponível sobre o projetoPrograma Educação Patrimonial 2022Estatuto dos Profissionais da Área da CulturaANTROPOCÉNICA - Propostas para apresentação de comunicações



EMAGENDA

<outubro de 2022>
domsegterquaquisexsáb
25
26
27
28
29
30
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
1
2
3
4
5
 


SUBSCREVANEWSLETTER

Quer receber as nossas notícias?
Registe-se